Short Interviews – Fieldwork area – Mozambique

Professor Salomão Bandeira – Project leader of the Mozambican team
He is Associate Professor in Marine Biology at the Department of Biological Sciences (DCB), Eduardo Mondlane University. Here, he talks about his relationship with the project’s focus area in Mozambique, the beautiful Inhaca Island!

1- What is your relationship with the studied area? / Qual é a sua relação com a área estudada? 
I visit Inhaca several times a year. I also maintain close contact with the Island via my students who visit the Island/EBMI (Inhaca Marine Biology Station) every month; also in contact with EBMI technicians. I have been running projects on Inhaca almost uninterrupted for many years till now. Currently, I also ran a project on seagrass restoration in the Island. 

Visito Inhaca várias vezes por ano. Eu também mantenho contato próximo com a ilha através dos meus alunos que visitam o local/EBMI (Estação de Biologia Marítima da Inhaca) todos os meses; também em contato com os técnicos da EBMI. Tenho executado projetos em Inhaca quase ininterruptamente por muitos anos até agora. Atualmente, também executei um projeto de restauração de ervas marinhas na ilha.

2- Is there any particularity about the place and / or its communities that you could share? / Qual é uma particularidade que você acredita poderia dizer sobre o local e/ou suas comunidades?
The Inhaca Island for Biologists is a miniature of a tropical setting and Mozambique; because it has all key tropical habitats in close vicinity (mangroves forests, seagrass meadows, coral reefs, rocky and sandy shores, rough and calm waters, endangered and charismatic species, fisheries etc.). Inhaca is a great laboratory that is linked with my own story of being a marine biologist. I value very much the connection between those habitats have among themselves such as the link between seagrass and dugongs as an example (there are many more examples like the fish that roam around between seagrasses and coral reefs or with mangrove forests; turtle nesting in the dunes with their voyager over high seas and the bay etc.). Unique also is the link that EBMI has with its research management/conservation with forest reserves since 1965. For communities, the EBMI means a lot, it gives an immense sense of place and value to them as demonstrated the link with food/protein security, tourism, etc. 

Ilha da Inhaca para Biólogos é uma miniatura de um cenário tropical e de Moçambique; porque tem todos os principais habitats tropicais nas proximidades (florestas de manguezais, prados de ervas marinhas, recifes de coral, costas rochosas e arenosas, águas agitadas e calmas, espécies ameaçadas e carismáticas, pesca, etc.). O Inhaca é um grande laboratório que está ligado à minha própria história de ser um biólogo marinho. Eu valorizo muito a conexão que esses habitats têm entre si, como a ligação entre ervas marinhas e dugongos por exemplo (há muitos mais exemplos, como os peixes que vagueiam entre ervas marinhas e recifes de coral ou com manguezais; tartarugas nidificando nas dunas com sua viagem em alto mar e na baía, etc.). Único também é o vínculo que a EBMI tem com sua pesquisa de gestão/conservação com reservas florestais desde 1965. Para as comunidades, a EBMI significa muito, esta oferece um imenso sentido de lugar e valor para essas, como demonstrado a ligação com segurança alimentar/proteica, turismo etc.

3- What could communities gain with a project like the FoRel? /  O que as comunidades podem adquirir com um projeto como o FoRel?
They can acquire wider understanding on Inhaca resources on the perspective of both habitats and peoples vulnerability; The spectrum of value that nature gives them also offers immense potential for future benefits like those associated with climate adaptation of Inhaca resources. FOREL provide the necessary sensitization and options for appropriate discussion and for people to make their decision/participation in the management of resources and practices in a manner that encourages sustainability and reduce vulnerability.

Eles podem adquirir uma compreensão mais ampla dos recursos da Inhaca na perspectiva dos habitats e da vulnerabilidade das pessoas; O espectro de valor que a natureza lhes dá, oferece também um imenso potencial para os benefícios futuros como aqueles associados à adaptação climática dos recursos da Inhaca. O FOREL fornece a sensibilização e opções necessárias para uma discussão adequada e para que as pessoas tomem a sua decisão / participação na gestão dos recursos e práticas de forma a incentivar a sustentabilidade e reduzir a vulnerabilidade.

4- What are your hopes for the future of the area, and how do you believe the project could contribute to this? / Quais as suas esperancas para o futuro do local e de que maneira você acredita que o projeto poderia contribuir com isso?
Such clips/footage can be used to engage people in debates, discussions of their participation and contribution towards better management and self-learning. Inhaca, together with the regions extended to the south to Ponta de Ouro, west and south of Maputo Bay, was recently suggested to be part of UNESCO Heritage. This area is part of the POPMR (Ponta de Ouro Partial Marine Reserve) contiguous with Maputo Special Reserve. Both area part of APA (Area de Protenção Ambiental category as per the Conservation Law in Mozambique). The proposal is to connect with the world heritage in continuation to the iSimangaliso Wetland Park in Kwazulu Natal, South Africa. We have a major change and the advancement of Forel together with community awareness and the meaning of power to communicate climate change preparedness and adaptation can help make a difference to engage communities and stakeholders in the right direction.

Esses clipes/cenas podem ser usados para envolver as pessoas em debates e discussões sobre sua participação e contribuição para uma melhor gestão e autoaprendizagem. Inhaca, juntamente com as regiões estendidas ao sul até a Ponta de Ouro, oeste e sul da Baía de Maputo, foi recentemente sugerida para fazer parte do Patrimônio da UNESCO. Esta área faz parte da POPMR (Reserva Parcial Marinha da Ponta de Ouro) contígua à Reserva Especial de Maputo. Ambas fazem parte da APA (categoria Área de Proteção Ambiental conforme Lei de Conservação de Moçambique). A proposta é conectar-se com o patrimônio mundial na continuação do Parque iSimangaliso Wetland em Kwazulu Natal, África do Sul. Temos uma grande mudança e o avanço da Forel, juntamente com a conscientização da comunidade e o significado do poder para comunicar a preparação e adaptação às mudanças climáticas podem ajudar a fazer a diferença no envolvimento das comunidades e as partes interessadas na direção certa.

5- How could the relational perspective help to understand the region? / Como a perspectiva relacional poderia ajudar a compreender a região?
Climate change issues occur widely in the region and in Inhaca, though FOREL, can become a model to the replication of good practices of community engagement and troubleshooting engagement in discussion, finding solution and examples of people’s adaptation and reduction of vulnerabilities. This can be part of the culture of conservation for this area and beyond.

As questões das mudanças climáticas ocorrem amplamente na região e na Inhaca. O FOREL pode tornar-se um modelo para replicar [ser reproduzido como exemplo de] boas práticas de engajamento da comunidade e engajamento em discussão, encontrando soluções e exemplos de adaptação de pessoas e redução de vulnerabilidades. Isso pode fazer parte da cultura de conservação para esta área e além.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s